segunda-feira, 27 de março de 2017

Policiais do 6° BPM prendem três assaltantes após perseguição, um foi baleado e um conseguiu fugir.


Policiais militares que estavam nas guarnições de serviço foram acionados pelo CIOPS, param localizarem a abordarem um veículo modelo Cobalt na cor branca de placas PSK 8421, pois este veiculo acabara de ter sido tomado de assalto no bairro do renascença e que seus ocupantes estavam praticando assaltos na área do 6° BPM.

De imediato redobrou-se a atenção e iniciou-se o patrulhamento tático com foco nesse veículo. Ao serem avistados pela guarnição, percebendo que seriam abordados, os elementos empreenderam fuga pela avenida guajajaras e colidiram com outro veículo. 


Neste momento um dos elementos  desceu com uma arma de fogo na mão, onde fez-se necessário disparos para repelir a ameaça. Posteriormente foi constatado que se tratava de um indivíduo por nome de Mayk, que foi alvejado nos braços. 

Outros dois elementos foram capturados logo em seguida, após perseguição a pé, um quarto elemento conseguiu evadir-se não sendo localizado.

O elemento Mayk foi conduzido ao hospital para procedimentos médicos,  enquanto a Clarice Maria e o menor foram apresentados diretamente no plantão da delegacia da Cidade Operária, onde foram autuados em flagrante pelo crime de roubo qualificado pelo concurso de pessoas.

*POLICIAIS DO 6° BPM PRENDEM QUADRILHA NA AVENIDA GUAJAJARAS QUE ESTAVA EFETUANDO DIVERSOS ROUBOS A PEDESTRES E RECUPERA  UM TÁXI ROUBADO E BENS SUBTRAÍDOS*

CPAM II/6° BPM/1a. CIA/VTR 16074 /SÃO BERNARDO
*MIKE:* M4156905
*SIGO:*  2438/2017
*DATA:* 25/03/17
*HORA:* 22:00H
*LOCAL:* AVENIDA GUAJAJARAS.

*CONDUZIDOS:*
1. L W A P
05/09/1999
2. Clarisse Maria Barbosa da Silva
15/08/1998
Bairro: São Francisco .
3. Mayk Jhordan Silva de Souza
15/12/1996
Bairro: Jardim Renascença.

*MATERIAL APRESENTADO:*
- 01 (uma) Arma de fogo com numeração insuficiente.
- 04 celulares de marcas Samsung e Nokia;
-01 (um) veículo Chevrolet Cobalt, de placas Psk 8401, com chave de ignição;
- 1 bolsa feminina preta.
- 1 óculos rosa.
- 3 cordões dourados.
- 2 chaves residenciais.
- 1 porta cédulas com diversos documentos.

Confira a prisão no vídeo abaixo:


Foto do blog do Luis Cardoso.

sábado, 25 de março de 2017

Durante visita histórica de Flávio Dino à Câmara foi solicitado aos vereadores para agilizarem as mudanças no Plano Diretor de São Luís.

Foto - CMSL.
Acompanhado do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), de secretários e outros auxiliares, o governador Flávio Dino (PCdoB),  fez visita de cortesia na manhã do último dia 20, na Câmara Municipal de São Luís. Ele e sua comitiva  foram recepcionados pelo presidente da Casa, Astro de Ogum (PR) e mais 29 vereadores, num café da manhã que aconteceu no Salão de Atos da Casa. Essa foi a primeira vez que um governador do estado foi ao Legislativo ludovicense.

A inédita visita resultou em um pacto feito entre  o Governo do Estado e a Câmara Municipal para agilizar mudanças no Plano Diretor de São Luís. Flávio Dino ressaltou que precisa do apoio dos vereadores, para que agilizem as alterações para que assim o governo estadual possa estabelecer programas de ações na área municipal, como a expansão da Avenida Litorânea, que já está licitada,  e também trabalhos para a Zona Rural dá capital.

“Estou aqui em visita de cortesia, retribuindo o gesto do vereador Astro de Ogum, que recentemente esteve no Palácio dos Leões. Nesse ato, estamos também propondo o que pode se chamar de um pacto por São Luís. Apresento pelo menos 3 pontos de prioridade, que é a retomada do programa Mais Asfalto, a ampliação do  pátio de container do Porto do Itaqui, com vistas à exportação de carnes, além de um trabalho para o melhoramento da qualidade de vida dos moradores da zona rural”, destacou o governador.

Foto - CMSL.
PREFEITURA RECEBE APOIO DA CÂMARA

Em sua explanação, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior assegurou que tem recebido importante apoio da Câmara Municipal e lembrou o processo de licitação do sistema de transporte coletivo da capital, assunto que há muito tempo era pauta da Prefeitura, mas que saiu do papel por conta do empenho dos vereadores. 
“O presidente da Câmara, Astro de Ogum, vem superando todas as expectativas com  um trabalho muito afinado e muito dinâmico. Superou até meu pai, o deputado Edvaldo Holanda, que foi presidente desta Casa na década de 1970”, revelou o prefeito.

Flávio Dino também revelou que o pai dele, o jornalista, advogado, escritor e ex-deputado Sálvio Dino, foi vereador de São Luis, eleito em 1954.

O deputado federal Weverton Rocha, que participou do encontro, destacou as ações da Câmara Municipal, falou sobre a crise política e econômica e disse que é necessário  parar com  as espetacularização por parte da mídia em torno do episódio da fraude na carne, destacando que isso pode provocar a inviabilização da exportação de carne para o mercado internacional.

O vereador Honorato Fernandes (PT), também fez uso da palavra, destacando que, pela primeira vez em na história, a Câmara Municipal de São Luis estava recebendo a visita de um governador do Estado, acompanhado do prefeito da capital. Ressaltou ser esse evento um ponto extremamente positivo para o Legislativo Ludovicense e para a classe política do Maranhão.

Por sua vez, o presidente da Câmara, Astro de Ogum salientou o empenho dele e dos demais vereadores quanto aos avanços dá Câmara. Ele disse estar agradecido ao governador e ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior, pela visita feita ao Legislativo, que a partir de sua administração, pode exibir avanços em todos os setores. 
“Vejo no governador Flávio Dino e no prefeito Edivaldo Holanda Júnior duas grandes lideranças,  dois grandes administradores, que se caracterizam pela sensibilidade. Enquanto grandes Estados como Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul sofrem com as mazelas da crise, pagando salários em parcelas, aqui, no Maranhão, o Estado e a capital continuam pagando seus funcionários em dia, além de manterem os cronogramas de obras em andamento”, destacou Astro.


AGRADECIMENTOS

“Agradeço aqui ao governador, ao prefeito que me apoiaram na última eleição para a presidência da Câmara. Aproveito para dizer aos colegas vereadores que deveremos organizar um encontro entre nós, porque quero  agradecer a cada um pelo apoio, pelo empenho e pela confiança depositada”, disse Astro.

Além de Astro de Astro de Ogum, participaram do evento os vereadores Marcial Lima, Honorato Fernandes, Marcelo Poeta, Edson Gaguinho, Bárbara Soeiro, Joãozinho Freitas, Afonso Manoel, Beto Castro, Edmilson Jansen, Pavão Filho, Fátima Araújo, Josué Pinheiro, Silvino Abreu, Chico Carvalho, Isaías Pereirinha, Nato Júnior, Aldir Júnior, Marquinhos, Raimundo Penha, Estêvão Aragão, Concita Pinto, César Bombeiro, Ricardo Diniz, Geneval Alves, Paulo Victor Umbelino Junior, Silvino Abreu, Osmar Filho  e Francisco Chaguinhas.

Também estiverem no evento os secretários estaduais de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry,  de Agricultura, Márcio Honaiser, o chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares e Pedro Lucas da Agência Metropolitana.

O prefeito Edivaldo Holanda esteve acompanhado do seu vice, Júlio Pinheiro e do secretário de Relações Institucionais, Hélio Soares. Todo staff do presidente da Câmara, Astro de Ogum esteve presente, a exemplo dos procuradores Walter Marques Cruz e  Samuel Melo, a diretora de Comunicação Social, Itamargareth Correa Lima e a chefe de Gabinete, Eliane Bezerra, dentre outros auxiliares.

Todos os vereadores destacaram a visita do governador Flávio Dino como um gesto de extrema grandeza e ao mesmo tempo de simplicidade. Ao final do café da manhã, o líder do governo municipal no Legislativo, vereador Pavão Filho (PDT), que é evangélico liderou um rápido momento de fé e oração entre todos os presentes. 

Terminada a reunião, o governador Flávio Dino se dirigiu ao plenário da Câmara, onde recebeu a imprensa para uma entrevista coletiva, onde falou de seu trabalho, de suas realizações e das perspectivas para este ano.

Texto de Alterê Bernardino. 
Câmara Municipal de São Luís - Diretoria de Comunicação - 25.Março.2017.

sexta-feira, 24 de março de 2017

São Luís, não está entre as oito Capitais que aderiram à Política Nacional para População em Situação de Rua.


Política Nacional de Atenção Básica

Ao analisar matéria divulgada pelo Ministério Público Federal em Rondônia, chamou a atenção que somente oito capitais brasileiras aderiram ao programa federal que enfrenta o problema da falta de políticas publicas para o atendimento da população em situação de rua. 
Infelizmente nossa capital de São Luís faz parte da grande leva de Cidades indiferentes a este grave problema social.
Segue abaixo texto integral da referida matéria. 
MPF/RO quer saber o que a prefeitura da capital tem feito para atender a população de rua.
Porto Velho é uma das capitais que não aderiu à Política Nacional para População em Situação de Rua.
O Ministério Público Federal em Rondônia (MPF/RO) iniciou uma investigação (inquérito civil) para apurar a atuação do município de Porto Velho no atendimento à população em situação de rua e os motivos de não ter aderido à Política Nacional para População em Situação de Rua, instituída pelo Governo Federal em 2009.

A investigação do MPF/RO foi motivada pelo relato de uma cidadã ao órgão, informando sobre a situação degradante de uma moradora de rua nas proximidades da Avenida Calama com Rua Rafael Vaz e Silva.

Para dar início à investigação, o procurador da República Raphael Bevilaqua considerou também outras duas informações: Somente oito Capitais aderiram  à Política Nacional para População em Situação de Rua (Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte, São Paulo, Salvador, Fortaleza e Rio de Janeiro) e, embora existam diversos moradores de rua em Porto Velho, não há informações de que haja uma política pública local.

O MPF/RO já enviou ofício à Secretaria Municipal de Assistência Social de Porto Velho pedindo esclarecimentos sobre o atendimento, eventuais ações, diagnósticos, recursos disponíveis, censo e mapeamento da população em situação de rua e explicações sobre o motivo de o Município não ter aderido à Política Nacional, entre outras solicitações. A secretaria tem prazo de 15 dias úteis para responder e apresentar documentos que comprovem as informações repassadas.

O procurador explica que “população em situação de rua” é a denominação dada a um “grupo populacional heterogêneo que possui em comum a pobreza extrema, os vínculos familiares interrompidos ou fragilizados e a inexistência de moradia convencional regular e que utiliza os logradouros públicos e as áreas degradadas como espaço de moradia e de sustento, de forma temporária ou permanente, bem como as unidades de acolhimento para pernoite temporário ou como moradia provisória”.


São Luís. Grupo Grita e Vereador Honorato Fernandes articulam campanha para realizar Via Sacra do Anjo da Guarda.

Nos últimos anos, o vereador Honorato Fernandes (PT) tem integrado a rede de apoiadores do Grupo Grita, grupo de teatro popular organizador do espetáculo “Via Sacra do Anjo da Guarda”, considerado um dos maiores do gênero no Brasil e o maior espetáculo ao ar livre do Maranhão.


Na edição de 2017, que acontecerá no dia 13 e 14 de abril, a Via Sacra trará como tema “Quebra as correntes e desbrava-te!”.

O tema sugere uma análise e estímulo para que expectador possa sair do estado de alienação, de ignorância, a fim de conquistar o mundo através do conhecimento, do saber supremo e poder ver a sociedade com um olhar mais crítico, para assim interceder no meio no qual está inserido.


O vereador Honorato, que acompanha o Grupo Grita desde o ano de 2015, ressalta a importância do espetáculo para a integração, socialização e valorização da história da comunidade do Anjo da Guarda, bem como de sua cultura popular.

“Apoiar o Grupo Grita e, consequentemente, a Via Sacra do Anjo da Guarda significa manter viva a história dessa comunidade, marcada pela resistência dos movimentos sociais e pelo desenvolvimento da cultura popular”, disse o vereador.

O ator Carl Pinheiro, integrante do Grupo Grita, destaca a parceria e a sensibilidade do vereador. “Eu fiquei feliz, pois desde 2015, Honorato veio ajudar a Via Sacra que, apesar de ter mais de três décadas, todos os anos tem essa dificuldade para ser realizada. Ele percebeu a nossa agonia e veio nos abraçar”, disse.


A Via Sacra do Anjo da Guarda. 
Há 36 edições, os integrantes do Grupo Grita mostram à comunidade a história da condenação, morte e ressurreição de Jesus Cristo, com os personagens e fatos conforme narrados na Bíblia Sagrada, através de uma via sacra encenada que envolve mais de 4 mil pessoas no elenco, produção, apoio, equipe técnica, comércio informal, e profissionais de órgãos públicos que garantem a infraestrutura para a realização do espetáculo. Milhares de pessoas acompanham os dois dias de apresentação, na quinta e Sexta- Feira da Paixão, dia em que a Igreja lembra a morte de Jesus Cristo.

Texto de Tarcila Mendes.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Vereador Honorato discute comércio informal.

Foto: Divulgação
Por Zeca Soares. quarta-feira, 22 de março de 2017
Na tarde desta terça – feira (21), o vereador Honorato Fernandes (PT) esteve reunido com o secretário de Urbanismo e Habitação, Madison Leonardo para tratar de questões relacionadas ao comércio informal da cidade de São Luís. O Presidente do Sindicato dos Ambulantes de São Luís, Ribinha e o vereador Marcelo Poeta (PCdoB) acompanharam o vereador na reunião, realizada na sede da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação.
Na oportunidade, os vereadores e o sindicalista discutiram com o secretário algumas ações de disciplinamento do comércio informal que vêm sendo realizadas em várias regiões da cidade. Um caso específico foi destaque na conversa: a tentativa de retirada de sete vendedores ambulantes que atuam no bairro do Anil, mais precisamente, nas imediações do Cintra.
O caso foi exposto pelo vereador Marcelo Poeta, que tenta intermediar a questão de modo a encontrar uma solução viável para o ambulantes, sem, no entanto, comprometer ou minimizar as ações de disciplinamento do espaço público.
“Nosso intuito é possibilitar o debate entre os ambulantes, através das entidades que os representam, e o poder público, para assim chegarmos a um entendimento benéfico para ambas as partes”, afirmou Marcelo Poeta , que também agradeceu o vereador Honorato Fernandes por ter se somado à luta dos ambulantes e por ter proposto a reunião com o secretário.
“Agradeço o vereador Honorato, que se mostrou sensível à causa dos ambulantes, sugerindo um diálogo entre as partes”, destacou.
Honorato por sua vez explicou que o disciplinamento do espaço público é necessário, entretanto, deve-se levar em consideração a realidade das pessoas que já o ocupam.
“Acredito que, através desse diálogo, encontraremos um caminho que contemple o disciplinamento do comércio informal, não desamparando, no entanto, os pais e mães de família que já ganham o sustento naquele local”, afirmou o parlamentar.
O Presidente do Sindicato dos Ambulante de São Luís, Ribinha, lembrou que o sindicato já foi chamado para atuar de forma conjunta com a Prefeitura nas ações do programa de padronização e melhoria do comercio informal da cidade e disse que “a simples iniciativa de manter o diálogo aberto com a categoria já sinaliza a possibilidade de permanência dessa parceria”, destacou Ribinha.
Quanto a parceria com o sindicato nas ações, o Secretário Municipal de Urbanismo e Habitação, Madison Leonardo declarou que o intuito é continuar. Segundo o secretário, “o disciplinamento do comércio informal é positivo não apenas para os usuários da cidade, mas para o próprio ambulante, que ganha um novo padrão de qualidade para o seu trabalho”, explicou o secretário.

UFMA. O Observatório do Mercado de Trabalho do Maranhão (OMT-MA) realizará, no dia 6 de abril, a I edição do OMT-Debates.

O evento terá início às 16h, no auditório Mário Meirelles, no Centro de Ciências Humanas (CCH). O evento refere-se ao encontro mensal que será promovido pelo OMT para debater temas relacionados ao mercado de trabalho.

A primeira edição contará com a participação do professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Roberto Véras de Oliveira, que ministrará a palestra “Trabalho no Nordeste em perspectiva histórica”.

O professor Roberto Véras apresentará a perspectiva histórica sobre as dinâmicas sociais do trabalho que se estabeleceram no Nordeste, especialmente a partir da reconfiguração socioeconômica da região empreendida com a criação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), no final dos anos 50. 

O palestrante, junto com o público, fará uma retrospectiva para compreender as possibilidades de desdobramentos referentes às relações de trabalho que se desenvolvem no país e, especificamente, na região Nordeste.

O OMT Debates também terá o lançamento do terceiro Boletim Conjuntural Trimestral do Maranhão, originado da análise dos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Trimestral do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), acerca do quarto trimestre de 2016, e dos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), referente a 2016.

A análise dos dados reitera a gravidade e o impacto da crise iniciada em meados de 2014 no mercado de trabalho. O desemprego no Maranhão voltou a subir, alcançando 13%, uma diferença de 4,8 pontos percentuais em relação ao quarto trimestre de 2015. 

Isso significa que houve um salto de 235 mil para 352 mil desempregados, ou seja, 117 mil trabalhadores perderam suas ocupações nesse período. O boletim completo está disponível na página do OMT-MA.


segunda-feira, 20 de março de 2017

Honorato Fernandes registra chapa pregando Unidade para renovar Diretório municipal do PT.

A Chapa “Unidade para Renovar”, encabeçada pelo vereador Honorato Fernandes, à presidência do Diretório Municipal do PT de São Luís, foi oficialmente registrada. O grupo reúne representantes de 6 chapas que concorreram no último Processo de Eleição  Direta do PT (PED-PT) em 2013.

Segundo Joab Jeremias, que na eleição passada encabeçava a chapa “Renovar é Preciso”, a união das correntes em torno de Honorato mostra o momento que o Partido dos Trabalhadores atravessa, onde busca a renovação e união para se reorganizar. As demais chapas que participaram do processo eleitoral de 2013 e que estão agora juntas na “Unidade para Renovar” são: “Renovar é Preciso”, “Novo Partido com Liberdade e Democracia”, “Resistência Petista: Paulinho Presidente”, “O Partido que Muda o Brasil: Construindo uma Nova São Luís”, “Militância em Movimento por um Partido para Todos” e  “Desafiar, Lutar e Mudar”.

“Gostaria de comunicar a todos que o coletivo da nossa chapa Renovar é Preciso, que disputou o PED várias vezes sempre chegando ao 2º turno, decidimos não lançar candidatura pelo fortalecimento e crescimento do PT Municipal de São Luís e do nosso Presidente Lula em 2018 e 2020. Na busca por unidade partidária, decidimos apoiar o nosso Vereador Honorato Fernandes como nosso candidato a Presidente do PT Municipal. E acreditamos que com todos os coletivos unidos o PT de São Luís sai mais fortalecido”, destacou Joab Jeremias.

 “É um momento para fortalecer o nosso Partido, atingido pela intolerância e ódio arquitetados para alijá-lo do poder. Fomos duramente feridos e muitos recuaram atônitos. Por isso, vejo o PED como oportunidade de mostrarmos para a sociedade que o PT vive e sairá reforçado para a luta. Reconheço o empenho de companheiros que dirigiram o Partido, mas me passava a impressão de um PT acanhado, sem diálogo com a sociedade, sem vida. O PT precisa se reaproximar das bases, estar nos bairros e nas organizações sociais. Vejo no vereador Honorato Fernandes essa possibilidade de revitalização,  de interlocução com a sociedade, de animar a militância para defender a política como a arte de promover o bem comum”, reforça Cecília Amin, membro da Comissão de Justiça e Paz de São Luís.

O vereador reeleito pelo PT Honorato Fernandes afirma que é uma grande honra e responsabilidade encabeçar este projeto ao lado de tão valorosos companheiros e companheiros.

“Juntos iremos trabalhar no fortalecimento e unificação do nosso Partido e prepará-lo para o grande desafio de reconstruí-lo, o que passa pela eleição do presidente Lula, do governador Flávio Dino e defesa da política que mudou a cara e a realidade do nosso País”, destacou Honorato Fernandes.

Entre as bandeiras defendidas pela chapa Unidade para Renovar estão: a aquisição de uma nova sede, gestão compartilhada, realização de seminários temáticos sobre São Luís e seus desafios, regularização trabalhista no PT, calendário anual de atividades, criação de um programa de rádio e assinatura de termo de compromisso com os filiados, entre outras bandeiras.

“Vamos honrar os compromissos assumidos e vamos chamar os companheiros e companheiros para juntos trabalharmos em torno do fortalecimento do nosso partido”, finaliza Honorato Fernandes.

Texto: Da assessoria do vereador